Festa de fim de ano com celebridades: sucesso ou mico

Fim de ano é época de festas de confraternização nas empresas, e de muita correria para os departamentos que vão organizar as atividades. Em algumas companhias, também é época de premiação para as equipes que mais se destacaram, aquelas que atingiram determinadas metas, os melhores vendedores, etc. E lá vai o RH, junto com as áreas de marketing e comunicação interna, buscar no mercado um mestre de cerimônias para “comandar” o grande evento que está sendo planejado.

Nesta hora, surgem as ideias mais variadas: vamos chamar o cantor famoso, o ator da novela que arranca suspiros das moças, ou o vencedor daquele “reality show”… Entretanto, quando o encarregado dessa parte recebe os orçamentos, o rumo da prosa começa a mudar. Diante dos cachês normalmente elevados, ele começa a avaliar alternativas. Sabe, tem aquele participante do “reality show” que não ganhou, mas ainda assim é conhecido; tem também aquele cantor que já foi sucesso e hoje anda meio esquecido; ou mesmo o ator que fez sucesso na novela das 9 (só que na década passada).

Aí é correr o risco: a sua escolha pode resultar em um evento excelente, ou em um “mico” a ser lembrado por vários meses nas rodinhas de café. Por isso, recomendo a você, profissional que está organizando a festa da sua empresa, que avalie com cuidado a escolha do mestre de cerimônias e recomendo levar em consideração a trajetória, a equipe e os valores da organização.

Há um fator importantíssimo nas empresas, e que muitas vezes é deixado de lado: se o perfil do líder é de um bom comunicador, porque não aproveitá-lo nestas ocasiões? Sei de casos em que o presidente da empresa subiu ao palco e mostrou seus dotes musicais com uma banda de rock, contagiou a plateia e depois deixou um cantor profissional continuar o show. Mas ele marcou presença e isso conta pontos!

Então, o caminho pode ser a contratação de um mestre de cerimônias de eventos corporativos que não seja uma estrela ou celebridade, e aproveitar a “prata da casa”. Afinal de contas, ainda que receber o prêmio das mãos do ator famoso possa render a foto para a posteridade e alguns minutos de fama nos corredores, apertar a mão do presidente da companhia e receber dele um elogio sincero, em público, pode significar muito mais para o profissional.

Ao seguir este caminho, você tem algumas vantagens: os mestres de cerimônias profissionais cobram cachês menores do que as celebridades; dependendo do profissional contratado, você consegue agendar uma reunião prévia, alinhar a expectativa e transmitir ao mestre de cerimônias um pouco do espírito que se deseja imprimir ao encontro. Não estamos falando de uma atuação teatral, mas de definir o nível de descontração, de animação no tom da fala, de informalidade, além de outros detalhes que podem fazer a diferença na hora do show.

Em resumo, há alternativas para todos os gostos (e bolsos). Os eventos comandados pelas estrelas inegavelmente tem seu apelo e continuarão agradando. Mas em tempos de orçamentos mais restritos, contar com a disponibilidade de um mestre de cerimônias profissional para uma boa conversa prévia, capaz de afinar o discurso no tom da sua empresa, também pode render um evento memorável, que vá agradar ao seu público interno, e que não estoure o seu budget! Pense nisso!

By the way: se você gostou deste texto, e sua empresa vai planejar uma festa de fim de ano, entre em contato! Quem sabe eu possa ajudá-lo, não apenas como Mestre de Cerimônias, mas também nos preparativos do evento…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s